O Ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, presidiu à assinatura de um memorando de entendimento entre o Estado português e a Amazon Web Services (AWS) para colaborarem em programas de educação e iniciativas de transformação digital para startups, pequenas empresas e organizações governamentais.

Na cerimónia de assinatura do memorando, que decorreu em Lisboa, Pedro Siza Vieira referiu que o mesmo é um excelente exemplo de concretização do Plano de Ação para a Transição Digital, aprovado em Conselho de Ministros em Fevereiro, em que «uma empresa de topo a nível mundial» «disponibiliza, a organizações públicas e privadas, de todos os tamanhos e em todos os setores» as melhores tecnologias digitais.

A computação em nuvem – outro dos serviços previstos no memorando de entendimento – é também, segundo o Ministro, «crucial para podermos aproveitar plenamente a transição digital», tal como demonstrado pela pandemia, em que «houve um crescimento súbito de necessidades de «armazenamento, processamento e tratamento de dados». Pedro Siza Vieira destacou ainda ao facto desta computação em nuvem permitir a «escalabilidade» e uma contínua atualização.

«Quando na União Europeia e no nosso País definimos a necessidade de desenvolver ferramentas e disponibilizá-las a todas as organizações e a todos os cidadãos em matérias como inteligência artificial, computação avançada ou computação em nuvem, é porque temos todos as consciência de que na economia moderna, sociedade do século XXI», as mesmas serão indispensáveis «para que nenhum País, nenhuma região, nenhum cidadão fique para trás», disse ainda.

O Secretário de Estado para a Transição Digital, por sua vez, disse que este memorando, agora assinado, «materializa um novo ciclo de relacionamento entre o Governo e a amazon web services», dando-se assim, «mais um passo na construção de um Portugal mais moderno e mais digital».

Iniciativa Mais Digital powered by AWS

O acordo, agora assinado, marca o lançamento da iniciativa Mais Digital powered by AWS, que se baseia três pilares da Transição Digital de Portugal: Capacitação e inclusão digital dos cidadãos; Transformação digital do tecido empresarial; e Digitalização do Estado. 

Esta iniciativa permitirá que, os cidadãos portugueses e o setor público, tenham acesso a formação em competências técnicas, incluindo laboratórios práticos e programas de certificação técnica. Irá também proporcionar, às startups e às pequenas empresas, um maior acesso a serviços de tecnologia avançada e apoio, através de programas de aceleração e incubação.
A Mais Digital powered by AWS visa também ajudar a transformar a administração pública, através da colaboração conjunta no desenvolvimento de aplicações na nuvem para utilização pelos cidadãos.

Programas incluídos na iniciativa

A «Mais Digital powered by AWS» inclui os seguintes programas:

  • AWS CloudStart, para ajudar, através de Organizações de Desenvolvimento Económico, pequenos negócios a tirar partido da tecnologia da nuvem AWS para acelerar o crescimento e estimular a economia da sua comunidade. O programa oferece formação, aconselhamento técnico e créditos promocionais para apoiar as suas jornadas de transformação digital.
  • AWS Educate e a AWS Academy, para apoiar o desenvolvimento da próxima geração de construtores de nuvens e desenvolver uma força de trabalho futura pronta para a cloud em Portugal. O AWS Educate, um programa destinado a instituições de ensino, educadores e estudantes, fornece um conjunto robusto de ferramentas complementares, recursos e AWS Promotional Credits para adquirir competências na nuvem e preparar os licenciados para carreiras futuras. A AWS Academy habilita as instituições de ensino superior a preparar os estudantes para as certificações AWS e carreiras em nuvem reconhecidas pela indústria, fornecendo aos licenciados um currículo de computação em cloud computing que os prepara para o mercado de trabalho numa das indústrias de mais rápido crescimento.
  • O AWS Activate, para apoiar a comunidade startup portuguesa. O programa proporciona às empresas startup uma série de benefícios, incluindo créditos, apoio técnico e formação AWS, para ajudar a fazer crescer os negócios. As vantagens do AWS Activate foram concebidas para dar às empresas startup a combinação certa de ferramentas e apoio especializado para que possam ter sucesso com a AWS, otimizando o desempenho, gerindo o risco e mantendo os custos sob controlo. Ao abrigo deste programa, a AWS planeia ajudar mil startups portuguesas durante os próximos dois anos.